Dia do estudante: conhecer e organizar nossas lutas

Bruna dos Reis e Luiz Nardes

diaestO dia do estudante é comemorado internacionalmente em 17 de novembro. A data foi escolhida em 1941 pela União Internacional dos Estudantes, na época Conselho Internacional dos Estudantes, em memória aos estudantes tchecos que foram mortos ou retirados das suas casas e levados a campos de concentração nazistas por resistirem à ocupação alemã em seu país.

Liberdade e Luta e Juntos!, realizam o primeiro Sarau LGBT+ em Bauru

Renata Ribeiro

llbauruNo último sábado, dia 21, o núcleo de Bauru (SP) da Liberdade e Luta realizou, em parceria com o coletivo Juntos!, o primeiro Sarau LGBT+ da cidade. O evento contou com música, declamação de poesias, leitura de textos e uma apresentação de dança. Apesar do tempo de chuva, a atividade realizada em uma praça central da cidade, reuniu cerca de 50 pessoas.

Um relato sobre como vencer a Lei da Mordaça

Mell Pecóis

mordcgDesde o fim do ano passado, em novembro, o projeto Escola Sem Partido (ESP) vem ganhando repercussão nacional quando fora apresentado na Assembléia Legislativa de Alagoas. A partir de sua fundação, em 2004, a ONG recebeu atenção da escória política como Flávio Bolsonaro no Rio de janeiro e Marcel Van Hattem no Rio Grande do Sul.

USP Livre do quê?

Liberdade e Luta - Núcleo USP

usplivreA USP Livre, grupo que ganhou certa audiência a partir de suas posições antigreve, entra em embate com o conjunto do movimento estudantil. O objetivo deste breve artigo é discutir as críticas que fazem, suas propostas e o significado desse agrupamento. 

Estudantes da PUC-SP contra a Lei da Mordaça

Liberdade e Luta - PUC SP

puc1Na última quarta-feira (10/08) estudantes da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC–SP) e membros do núcleo da Liberdade e Luta realizaram uma roda de conversa sobre o projeto de lei da ONG Escola Sem Partido. Estiveram presentes principalmente alunos dos cursos de Ciências Sociais, História, Economia e Direito.

Câmara de Joinville volta a discutir Lei da Mordaça

Francine Hellmann

lmj1

O projeto de lei 221/2014, que institui no município o Programa Escola Sem Partido e é chamado nacionalmente de Lei da Mordaça, voltou a ser discutido nessa terça-feira (9/8), na Câmara de Vereadores de Joinville e contou com a presença de dezenas de estudantes, professores, representantes de movimentos sociais e de entidades sindicais.

Inscrever-se em