Onda de ocupações contra a Reforma do Ensino e a PEC 241

Evandro Colzani
ocuaanalise

As primeiras manifestações contra a MP 746, da Reforma do Ensino Médio, começaram a partir do dia 26 de setembro, três dias após publicação da medida no Diário Oficial da União. O movimento enfrenta sérios ataques do governo e de organizações de direita, possui uma fragilidade por conta da ausência de uma direção clara e coordenada, mas para vencer essas dificuldades precisa ir além das ocupações: organizar uma greve nacional da educação.

Assembleia dos estudantes dos colégios ocupados do Paraná: A luta contra os governos e a burocracia estudantil continua

Liberdade e Luta - Curitiba
assembleia

Os secundaristas reunidos em assembleia dia 26 de outubro, na escola Professor José Loureiro, em Curitiba, optaram por não recuar, mesmo sofrendo perseguições e ameaças. Com mais de 600 estudantes representando colégios do estado todo, os “ocupa” decidiram continuar na luta contra a nefasta Reforma do Ensino Médio e a PEC 241 do governo Michel Temer.

Aula Pública contra a PEC 241 e a Reforma do Ensino

Gabriel Pinho

aulapúblicaNo último domingo (23/10/2016), os militantes da Liberdade e Luta estiveram presentes na Aula Pública realizada pela UMES SP, na Av. Paulista, contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241, que congela os gastos públicos por 20 anos, cortando o dinheiro que seria destinado para a maioria da população, destinando-o aos banqueiros e grandes empresários.

Inscrever-se em