A PÉSSIMA EDUCAÇÃO PÚBLICA NÃO É CULPA DAS CRIANÇAS POBRES! ABAIXO OS CAPITALISTAS! 

Jhonatan Salvador

rubem-novaes-bb-foto-marcelo-camargo-agencia-brasil.jpg

O economista e presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes acredita que o problema da educação é culpa das crianças pobres, e a solução seria controle de natalidade. Uma declaração de causar revolta em qualquer um! Ora, são as crianças pobres as responsáveis pelas escolhas que os governantes capitalistas fazem de precarizar e sucatear a educação e a saúde? 

Que há péssima qualidade no ensino público não é novidade, mas sabemos bem a realidade das escolas públicas: sucateadas cada vez mais, 50 alunos por sala, salários ruins para professores, e em nível infantil, não há vagas para todas as crianças, e quando há, não é período integral. 

 A razão da falta de investimentos nós conhecemos. A educação, para os capitalistas, só tem a finalidade de disciplinar e explorar. A educação pública não recebe investimentos adequados porque os capitalistas e seus governantes continuam pagando a dívida pública, alimentando os cofres dos banqueiros. E em tempos de crise, a educação, em todos os níveis é ataca ainda mais. 

Quando ele diz “É que elas já chegam na escola mal nutridas e com má formação neuronal. Elas já chegam na escola com problemas físicos cerebrais, tudo em virtude de suas famílias desestruturadas, de sua subnutrição.” esses são efeitos de um sistema em que 1% da população detém de metade da riqueza do mundo, ou seja, desigualdade social, parte fundamental do capitalismo. Novaes, PhD em Economia

pela universidade de Chicago, colaborador do Instituto Liberal-RJ, e indicado por Paulo Guedes, mostra de que lado está ao dar a proposta reacionária de controle de natalidade, que não mudaria nada na desigualdade social. E esse não é o lado da juventude pobre e trabalhadora! 

Só há uma forma de por a educação como prioridade, de por fim à exploração de professores, de ter vagas para todos e em todos os níveis, de acabar com a desigualdade social, só haverá tudo isso com o fim do capitalismo, com uma nova sociedade. Para isso temos que nos organizar e combater, estudantes com trabalhadores.

Abaixo o capitalismo! 

Abaixo os capitalistas! 

Abaixo o Governo Bolsonaro!

Todo investimento necessário à educação!

Vagas para todos em todos os níveis!

Data post