''Palhaço Piquete em Greve Geral'' na E.E. Souza Pena reúne 350 jovens!

Liberdade e Luta

IMG-20190423-WA0013.jpg

No dia 23 de abril a Liberdade e Luta organizou uma importante atividade em parceria com o grêmio
estudantil da Escola Estadual Souza Pena, em São Paulo-SP.
Para um público de 350 estudantes do turno da manhã, foi apresentado um espetáculo teatral chamado
“Greve Geral”, do palhaço Piquete. Com concepção e atuação de Vinícius Camargo, com
direção de Jacqueline Takara. 

A receptividade do espetáculo foi enorme e demonstrou o enorme interesse pela situação política atual.
Ao final, Jacqueline e Vinícius falaram brevemente aos estudantes sobre o trabalho e os convidaram a continuar em contato com a Liberdade e Luta. Muitas foram as respostas posivitivas!

IMG-20190423-WA0058.jpg

Após a apresentação teatral, os estudantes da escola realizaram uma assembleia para discutir a situação
política e os ataques aos seus direitos, como a reforma do ensino médio e a própria reforma da
previdência, que além de atingir suas famílias imediatamente, afeta diretamente seu futuro.

O debate foi acalorado, mas demonstrou haver uma enorme disposição de luta entre os estudantes, que
buscam aprendem a se organizar da melhor maneira, através de seu grêmio, para este combate.
Após a dissolução da assembleia, seguiu-se uma reunião no pátio, onde estudantes contrários a reforma,
bem como alguns poucos favoráveis se manifestaram.

Entre os temas debatidos estavam inclusive a acusação de doutrinação dos estudantes por parte dos
professores, resultado evidente da campanha difamatória dos governos e da ONG Escola sem Partido, que
seguem perseguindo professores e buscando institucionalizar a censura e combter a organização dos estudantes, com a Lei da Mordaça. 

Os membros do grêmio e outros estudantes mais combativos tiveram a oportunidade de discutir e explicar
a verdadeira natureza das reformas propostas por Bolsonaro.

Por fim, os estudantes debateram a importância do debate sobre das liberdades democráticas e a importância das discussões políticas na escola. Este debate foi interrompido pelo Professor Mediador, provavelmente incomodado com o desenvolvimento da discussão pelos estudantes.

Porém, recebemos relatos que já no dia seguinte os estudantes realizaram novas discussões, em que o grêmio aprovou uma resolução para defender a liberdade de expressão e pensamento na escola. Assim, percebemos que esse trabalho fortaleceu o debate político na escola e o próprio movimento estudantil para as lutas que virão!

IMG-20190423-WA0091.jpg

 

Data post