Um passo na luta contra intervenção no CEFET RJ

Liberdade e Luta RJ

foto

                                                                       FOTO: Oficina de textos 

A juventude, na luta pela educação, no CEFET, conseguiu um apoio importante. Através de uma ação popular saiu uma liminar na 27a Vara Federal da Justiça do RJ foi determinada a nomeação, em 72horas, de Maurício Motta, diretor-geral eleito pelo voto da comunidade do CEFET em 2019.

Bolsonaro tenta agir como nos tempos da ditadura e o CEFET se encontrava há um ano sob intervenção, enquanto o interventor indicado pelo ex-ministro Weintraub fazia o aparelhamento de cargos e a perseguição de funcionários na instituição. Mas o Governo Bolsonaro não tem mais apoio como tinha antes.

Nesse período, houve forte resistência de trabalhadores, professores e principalmente estudantes q combateram a intervenção.

Devemos nos apoiar nessa liminar como uma conquista do movimento e seguir a luta contra o autoritarismo desse governo, mostrar como a luta dos estudantes, professores e funcionários desde agosto do ano passado contra os ataques a educação pública não ficará impune. A juventude deve ser manter firme contra os ataques políticos aos direitos, e continuar denunciando as intervenções autoritárias contra a autonomia universitária.

Pelo fim do vestibular, educação pública para todos!
Fora a interveção!
Fora Bolsonaro!
Por um governo dos trabalhadores! Sem patrões, nem generais!
Juntem-se a Liberdade e Luta!

Data post