Mais um ataque ao estudante Pablo Bailoni

Mayara Colzani

pabloNo dia 14/04 o estudante Pablo Bailoni ganhou a liminar para que tivesse sua reintegração na E.E. Azevedo Júnior. 

No dia seguinte, o Pablo foi até a escola junto com o advogado que apresentou a liminar para que ele pudesse retornar imediatamente para unidade, a direção disse que era necessário trazer alguns documentos que estavam faltando e só assim poderia retornar no dia seguinte.

Mas o que aconteceu foi mais uma manobra da direção para que Pablo não retornasse, pois no dia seguinte não aceitaram sua reintegração alegando que a liminar ainda não tinha sido oficializada. O problema não é a não oficialização da liminar, o que existe é uma perseguição política que fica cada vez mais clara. 

Todas as medidas necessárias para reverter isso estão sendo tomadas, mas não podemos deixar de pressionar a direção e a gerência de ensino para que essa perseguição tenha fim. A Liberdade e Luta repudia mais esse ataque e chama todos a se unirem e mudar essa situação.

Data post