movimento estudantil

Um velho caminho para o novo Ensino Médio

Henrique Macedo
te

No dia 13/4 participei da palestra “Caminhos Para o Novo Ensino Médio” realizada pelo laboratório de estudos em psicologia da educação (LAPSI), onde foi apresentado a trajetória da escola pública no Brasil desde o seu surgimento, passando pelo contexto histórico das mudanças na educação tanto no período Vargas quanto na ditadura militar, dentre outros.

USP perde professores e escancara cada vez mais sucateamento da universidade

Evelyn Gonzalez
usp

Desde 2014 a USP perdeu cerca de 354 professores. Segundo dados da Associação dos Docentes da USP (ADUSP), para voltar ao patamar de 2014, é necessário repor a contratação de 499 docentes efetivos, isso sem incluir as aposentadorias.

Ainda segundo dados recolhidos pela ADUSP:

Estudantes da UNISOCIESC constroem 1º CA de Medicina Veterinária

Mayara Colzani

Na última terça-feira (10/10), cerca de 100 estudantes participaram da Assembleia Geral do curso de Medicina Veterinária da Unisociesc, em Joinville - SC, que foi realizada no turno matutino e noturno. A assembleia foi convocada para a aprovação do estatuto e eleição da comissão eleitoral, que vai preparar a eleição e fundação do 1º Centro Acadêmico de Medicina Veterinária.

Por Nenhuma Residência a Menos!

Liberdade e Luta - Ceará
ufc

Em 2015, ainda no governo Dilma, foi cortado R$ 10,5 bilhões do Ministério da Educação (MEC). Curiosamente, este foi o ano em que a presidenta escolheu como slogan de campanha “Pátria Educadora” para o seu segundo mandato. Desde então, são cortadas bolsas de programas de iniciação à docência e científica, programas de extensão, de assistência e etc.

Corte de gastos das universidades públicas chegam na Universidade Federal do Paraná

Dayane de Oliveira e Marina Stoiev

educacaoprAs universidades federais vem sofrendo com sucateamento e cortes expressivos desde o agravamento da crise mundial no Brasil, ainda no governo Dilma. No entanto, após a posse do governo ilegítimo de Michel Temer a situação piorou ainda mais. 

Solidariedade à luta estudantil hondurenha

Bloque Popular Juvenil (El Salvador)
elsalvador

O Capitalismo vive uma de suas crises mais severas. De acordo com os economistas burgueses, deverão passar cerca de 50 anos para que o sistema econômico possa ver uma nova estabilidade. Isto significa uma série de cortes sociais e ajustes fiscais que golpeiam forte a classe trabalhadora internacional, que afunda ainda mais na miséria.

Inscrever-se em movimento estudantil