fim da pm

A execução de Marielle reacendeu a luta das massas

Liberdade e Luta - RJ
massas

Entre a tristeza quanto à morte da companheira de lutas Marielle, brotou o sentimento de classe em todo o mundo de que é preciso uma resposta. No centro da questão está o fato de que Marielle não teve medo de usar a tribuna da câmara de vereadores e suas redes sociais para fazer denúncias contra o aparelho repressor do Estado burguês.

O racismo faz mais vítimas: Nem dentro das escolas nossos jovens estão seguros

Felipe Araujo
racismo

Nesta quinta-feira (30/3), uma adolescente foi morta dentro de uma escola, no bairro de Acarí, no Rio de Janeiro. Maria Eduarda, de apenas 13 anos, foi atingida por três balas, enquanto treinava na quadra da escola. No lado de fora, no muro da escola, a polícia disparava contra os acusados de participação no crime organizado.

NOTA DE SOLIDARIEDADE

Liberdade e Luta

reO impeachment se concretizou. Temer assume a presidência para continuar a aplicar os cortes que a burguesia nacional necessita para se manter no poder.

Mas os trabalhadores e os jovens não se sentem derrotados. Pelo contrário, existe uma forte resistência expressa nas mobilizações que tomaram o país contra o governo Temer.

Inscrever-se em fim da pm