fora temer

Estudantes e Professores são reprimidos por lutarem contra cortes na UnB

Jonathan Vitorio

20180426142134251415u.jpeg
Foto: Marília Lima


No dia 26 de abril, cerca de cem estudantes realizaram uma manifestação pacífica na UnB - Universidade de Brasília. O motivo da manifestação são os cortes orçamentários que vêm sendo aplicados na instituição, reflexo da emenda constitucional aprovada pelo governo de Michel Temer, PEC 55, que congela investimentos nos serviços públicos por 20 anos.

Um velho caminho para o novo Ensino Médio

Henrique Macedo
te

No dia 13/4 participei da palestra “Caminhos Para o Novo Ensino Médio” realizada pelo laboratório de estudos em psicologia da educação (LAPSI), onde foi apresentado a trajetória da escola pública no Brasil desde o seu surgimento, passando pelo contexto histórico das mudanças na educação tanto no período Vargas quanto na ditadura militar, dentre outros.

É tempo de lutar

Liberdade e Luta - Bauru

bauruA cada dia a juventude e a classe trabalhadora sofrem com ataques novos e mais profundos. A PEC 55, que precariza os serviços públicos, utilizados principalmente pela população mais pobre, foi aprovada no Senado para valer por 20 anos. Manifestantes contrários à PEC foram tratados com a típica truculência da Polícia Militar e mais de 100 foram detidos.

Onda de ocupações contra a Reforma do Ensino e a PEC 241

Evandro Colzani
ocuaanalise

As primeiras manifestações contra a MP 746, da Reforma do Ensino Médio, começaram a partir do dia 26 de setembro, três dias após publicação da medida no Diário Oficial da União. O movimento enfrenta sérios ataques do governo e de organizações de direita, possui uma fragilidade por conta da ausência de uma direção clara e coordenada, mas para vencer essas dificuldades precisa ir além das ocupações: organizar uma greve nacional da educação.

Inscrever-se em fora temer