santa catarina

Escola Sem Partido em Florianópolis: uma nova investida do MBL

Liberdade e Luta - Florianópolis

lei-da-morda%C3%A7a-1.jpgNo último 24 de setembro, o vereador de São Paulo, Fernando Holiday, esteve na Câmara de Vereadores de Florianópolis para proferir uma palestra a favor do projeto “Escola Sem Partido”, projeto este encabeçado pelo Movimento Brasil Livre (MBL). Sua presença se deu a convite do vereador em exercício e candidato a deputado estadual Ramiro Zinder (DEM), líder do MBL em Santa Catarina.

Prefeitura de Itapema restringe direito ao transporte universitário

Igor Smaniotto
itapema1

No início deste ano, um novo governo assumiu a prefeitura de Itapema. Como de praxe, as promessas vieram e, junto com elas, o ataque aos direitos da juventude e da classe trabalhadora. Por exemplo, retirada do vale-alimentação de professores, possível terceirização da saúde e mudanças no transporte universitário intermunicipal.

Reforma do Ensino Médio é combatida em seminário da Universidade da Região de Joinville

Bruna dos Reis
reformaens

Ontem (12/7) foi mais um dia em que os militantes da Liberdade e Luta, juntamente com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Santa Catarina (SINTE Joinville), conversaram com alunos, pais e professores, explicando que a Reforma do Ensino Médio representa o fim da educação pública e gratuita.

Semana de resistência contra a Reforma da Educação

Bruna dos Reis

ujes1Michel Temer, Beto Richa, a mídia e todos os outros instrumentos da burguesia se esforçam para propagandear a contrarreforma da educação e dizer que são poucas as vozes contrárias a medida provisória. Estudantes e professores por todo o país já provaram o contrário. Na última semana, atingimos o número de mil escolas ocupadas pelo país.

Nota de repúdio ao Plebisul! O mundo é nosso país!

Liberdade e Luta

refugNeste sábado (1º/10) acontecerá uma das ações mais retrógradas dos últimos tempos. O movimento separatista “O Sul é meu país” vai realizar o Plebisul, um plebiscito para saber quem é a favor de separar o Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná do restante do Brasil. Esta é uma iniciativa repugnante. Não é possível aceitar calado ideias que promovem racismo e desigualdade. 

Inscrever-se em santa catarina