Campinas na luta contra o Escola Sem Partido e a Lei da Mordaça!

Thiago de Oliveira
mord

A Associação dos Professores da Puc-Campinas (Apropucc) emitiu nota esta semana repudiando o projeto de lei baseado no “Escola sem Partido”, proposto pelo vereador da Câmara Municipal de Campinas, Tenente Santini (PSD), no dia 03 de agosto. A Apropucc deixou claro sua posição contrária às ideias presentes no projeto “Escola sem Partido”, explicando ser o mesmo inconstitucional, e se solidarizou com o colega professor de sociologia da PUCC Arnaldo Lemos que concedeu entrevista ao “blog da Rose” (jornalista da Rede Bandeirantes e comentarista política na cidade de Campinas). Nos comentários do blog, o professor Arnaldo Lemos foi duramente criticado e ofendido por emitir sua opinião contrária a um projeto que visa retirar toda a credibilidade do professor e tornar a sala de aula um ambiente acrítico e autoritário. 

O vereador-tenente ou tenente-vereador Santini é conhecido por suas posições reacionárias. Costuma defender a ROTA (a tropa de elite da Polícia Militar de SP) e suas ações de repressão, tortura e assassinato. Defende a tese de que bandido bom é bandido morto, desdenhando da luta pelos direitos humanos e contra a violência policial. Além disso, apoia a contrarrevolução na Venezuela e é a favor de uma intervenção militar, como “saída” para a crise política no Brasil.

Na mesma semana, a vereadora Mariana Conti (Psol) protocolou na Câmara Municipal o projeto “Escola sem Censura”, como resposta à pretensão autoritária de censurar, calar, perseguir e criminalizar a liberdade de expressão e pensamento nas escolas.

Porém, para derrotarmos a Lei da Mordaça é necessário ir além! É preciso mobilizar professores, estudantes e todos que lutam pela educação pública: foi assim que projetos de lei semelhantes foram derrotados em Cuiabá (MT) e Joinville (SC)!

É a hora e a vez de Campinas se erguer contra o Escola Sem Partido e contra a Lei da Mordaça! Por isso, a Esquerda Marxista e a Liberdade e Luta se solidarizam com o Professor Arnaldo Lemos e com a APROPUCC e apoia a iniciativa conjunta da bancada do PSOL, PT e PCdoB em convocar um ato em frente a Câmara Municipal de Campinas para o dia 30/08, às 19h! 

Todos às ruas por uma escola livre de “mordaças” e livre do autoritarismo! Pela educação pública, gratuita e para todos! 

Data post