A Revoada dos Galinhas-Verdes

João Lucas Brandão*
galinhas verdes

Há 83 anos os fascistas brasileiros (os famosos integralistas) ocuparam a Praça da Sé, com o objetivo de demonstrar sua força ao Governo Vargas, visando construir um governo fascista em conjunto. Para combater os integralistas, o conjunto das organizações operárias utilizaram não da tática falha da Frente Popular com a burguesia "progressista" - tática utilizada pelos stalinistas em diversas ocasiões (inclusive na Revolução Espanhola, que desencadeou na vitória do fascismo), mas sim do modo correto de se combater essa ameaça ao movimento operário: com a Frente Única Antifascista (FUA), uma união de todo movimento operário para barrar os ataques.

No dia 07 de outubro 1934, a Frente Única, organizada pelos trotskistas, com o Partido Comunista Brasileiro (PCB), anarquistas, sindicalistas e operários expulsou os integralistas da Praça da Sé, em São Paulo. Eles saíram correndo "em revoada" e jogando seus uniformes verdes nos lixos durante a fuga para não serem reconhecidos. Um ato heróico do movimento operário brasileiro que batizou aquele momento de a Batalha da Sé ou Revoada dos Galinhas-Verdes. 

A Frente Única é a única arma capaz de barrar os ataques da burguesia mais conservadora. Organizações como o Movimento Brasil Livre (MBL), que se declara liberal, têm se utilizado de métodos fascistas de combate, incitando o ataque à manifestações e eventos da esquerda no geral e ameaçando a agir fisicamente. Precisamos nos unir e demonstrar o único "diálogo" que existe com esses grupelhos de ataque reacionários: o esmagamento dos mesmos com o martelo do proletariado!

Devemos aprender com a história. Nos momentos mais críticos, a classe dominante busca se apoiar no ultrarreacionarismo, no fascismo e na ditadura, jogando por terra a sua defesa hipócrita da democracia, para combater o poder proletário! O proletariado só pode confiar na sua própria força! Por isso é necessário a criação de uma Frente Única de Esquerda contra esses ataques diretos ao movimento operário!

Viva a Revoada dos Galinhas Verdes!
Viva o movimento operário brasileiro!
Por uma Frente Única de Esquerda!

 

*João Lucas é estudante secundarista de São Paulo-SP.

Data post