Um acampamento construído através das lutas

Evandro Colzani
lutas

Faltam apenas alguns meses para o Acampamento Revolucionário 2018 e jovens de vários lugares do país estão se preparando para se reunir em Florianópolis, do dia 25 a 28 de janeiro. Eles irão compartilhar suas experiências, confraternizar e discutir como se organizar para construir um mundo novo.

Uma questão importante nesse processo de preparação é a forma como estão sendo convidados os jovens estudantes e trabalhadores e como todos estão ajudando no processo de arrecadação para financiar tanto suas inscrições quanto os meios de transporte que levarão as delegações.
 
Na cidade de São Paulo, os núcleos da Liberdade e Luta (LL) estão organizando “pedágios” nos semáforos, visitas a sindicatos e diversos outros meios de arrecadação. Além disso, debates com os temas relacionados à programação do acampamento estão sendo preparados. Os jovens da LL também visitaram fábricas, levando o abaixo-assinado pela revogação da Reforma Trabalhista, envolvendo os que já se inscreveram no acampa e buscando mais interessados entre os jovens trabalhadores.
 
Em Joinville, Santa Catarina, o acampamento é preparado com debates nas praças - como o último que discutiu O Capital, de Karl Marx - atividades nas universidades, visitas às escolas secundaristas e durante as manifestações contra o fechamento de escolas que ocorrem na cidade. Em Florianópolis, um Piquenique Revolucionário reuniu estudantes e professores para debater política e preparar a ida ao acampa. 

Em cada cidade o Acampamento é construído junto de alguma luta, o que torna o processo ainda mais rico. Além disso, várias ações estão sendo realizadas para arrecadar o necessário para garantir que todos cheguem em Florianópolis em praticamente todos os locais em que há jovens inscritos. São visitas aos sindicatos, as atividades culturais, festas, confraternizações, etc. Além das cidades citadas, também estão se preparando delegações do Rio de Janeiro, de Cuiabá, Curitiba, Bauru, Araraquara, Campinas, Belo Horizonte, Salvador e Recife. 

A juventude se mobiliza para o acampamento ao mesmo tempo em que “luta pela liberdade e pela revolução” e faz isso com a crença de os dias em que passarão em Floripa irão servir para preparar cada um para os combates futuros. Você que ainda não se inscreveu, acesse o site ou Facebook da Liberdade e Luta e venha fazer parte do Acampamento Revolucionário 2018.

INSCREVA-SE: https://goo.gl/forms/8lOpgKjGbARDP7nm2

EVENTO NO FACEBOOK: https://goo.gl/UsFjXM

Data post