Liberdade e Luta participa da paralisação dos servidores públicos municipais de Joinville/SC

Liberdade e Luta - Joinville
33900412_2155949801291490_3813791290806501376_n_0.jpg

Na manhã de hoje (30/5), em frente à prefeitura de Joinville, cerca de três mil servidores públicos realizaram ato em dia de paralisação. A categoria considera insuficiente a resposta do governo (Udo Dohler, MDB) em relação às reivindicações apresentadas através da Campanha Salarial desse ano. Entre as bandeiras defendidas pelos trabalhadores, também estava a luta contra as reformas do governo Temer, que retiram direitos da juventude e classe trabalhadora.

A militante da Liberdade e Luta, Mayara Colzani, fez uma fala relembrando a maior greve geral do mundo que está completando 50 anos, o maio de 1968 na França. Essa greve continua servindo de exemplo para a luta de jovens e trabalhadores ainda hoje, mostrando que é possível nos organizarmos para lutar por um mundo melhor, pelo socialismo. Também ressaltou o apoio à luta dos servidores e que estará com a categoria até a vitória.

A assembleia aprovou uma nova paralisação para a próxima quinta-feira (07/6), às 9h no mesmo local. Em seguida os servidores saíram em passeata pelas ruas da cidade com palavras de ordem como “não me leve a mal, é fora temer e o congresso nacional”, além de dialogar com a população.

33941539_2155949847958152_213580743580844032_n.jpg

 

Data post