Moção em solidariedade aos professores de Oaxaca

Liberdade e Luta
bnox

Uma repressão brutal abateu-se sobre os professores de Oaxaca, no México. Foram 6 mortos pelas balas da Polícia Federal e dezenas de feridos. Leia a nossa nota.

Pedimos aos jovens, aos trabalhadores, entidades estudantis, sindicatos, movimentos sociais e todos aqueles que quiserem prestar sua solidariedade, que enviem sua moção de repúdio ao Presidente mexicano Enrique Peña Nieto. 

Modelo de moção: 

Ao Sr. Presidente da República do México Enrique Peña Nieto

É inadmissível a repressão policial ocorrida no Estado de Oaxaca, no último 19 de junho. Além de dezenas de feridos, 6 pessoas foram mortas por participar do legítimo movimento dos professores e estudantes, em defesa de seus direitos e reivindicações, contra os ataques à educação. E isto foi feito pela Polícia Federal! Pela Polícia que o senhor dirige e ordena!

Nós, (do sindicato, entidade, movimento, ativista, ...etc.) exigimos que todos os que cometeram este crime sejam punidos e demitidos da Polícia, que todos os responsáveis por esse massacre sejam imediatamente afastados de suas funções, que todos os professores e dirigentes sindicais que estão presos por conta desse movimento sejam colocados imediatamente em liberdade.

Lutar não é crime! Abaixo a repressão! Liberdade para todos os professores presos!

.....

(Assinatura)

As mensagens devem ser enviadas para:
 
Presidente da República Enrique Peña Nieto: enrique.penanieto@presidencia.gob.mx
Governo Federal: gobmx@funcionpublica.gob.mx
Secretaria de Gobernación: secretario@segob.gob.mx
Secretario de Educação Pública: aurelio.nuno@nube.sep.gob.mx

Com cópia para: contato@liberdadeeluta.org 

Data post