PM não é professor! Fora PM das Escolas!

Liberdade e Luta
FORA%20PM%20DAS%20ESCOLAS!%20(3)_3.png

Um dia um aluno é enforcado por um PM (E. E  Dr. Alfredo Pujol, 19/05/18). No outro a PM dispara gás de pimenta no pátio contra os estudantes (E. E República do Peru, 19/02), como se não bastasse, uma garota é empurrada com uma arma calibre 12 por um PM (E. E  Professor Frederico de Barros Brotero,05/04) e tudo isso DENTRO da escola! Como se não bastasse toda a repressão exercida pela PM nas escolas, foi aprovado no Senado ontem (03/07), que os PM poderão acumular cargos no estado e substituir os professores!!! 

 

A polícia não protege nem educa a juventude

15266959785aff882aee1e9_1526695978_3x2_md.jpg

Esses absurdos somente aconteceram em bairros e cidades onde vivem a classe trabalhadora e sua juventude. E agora, o projeto do governo Bolsonaro de militarizar as escolas começa a acontecer de forma indireta. É um projeto que busca trazer ainda mais repressão para dentro das salas de aula, com a substituição de professores por PMs! Com os cortes na educação e o aumento da precarização das escolas, muitos professores entram de licença ou mesmo deixam a carreira. É ai que querem colocar a polícia militar para dar aula! 

O fato é que no sistema capitalista, onde a maior parte da juventude trabalhadora não consegue um emprego e a outra parte começa a trabalhar desde muito cedo, desistindo dos estudos; onde não existe ou falta muito para se alcançar um aparato para despertar o interesse e a criatividade dos estudantes, como laboratórios de ciências naturais, informática, artes, línguas, bibliotecas; onde faltam professores e estruturas de todo tipo; onde a única forma de lazer são quadras caindo aos pedaços e aulas de educação física, quando existem; enfim onde os investimentos na educação são cortados ano após ano, não fica difícil entender porque os diretores, prefeitos governadores, deputados e patrões precisam da presença da PM nas escolas públicas. 

26782233645_09a8ff79c4_b-1024x420_0.jpg

A juventude quer ter direito à cultura, às artes, às ciências, ao lazer, ao esporte, ao trabalho. A juventude quer ter direito a um futuro, mas tudo isso lhe é negado! É assim que surge a revolta de milhares da jovens ano após ano. O medo de que essa revolta se organize, se junte com a classe operária e se vire contra as instituições é tremendo. Por isso, cotidianamente buscam aterrorizar a juventude trabalhadora nas escolas e bairros operários e esse é o objetivo da ronda escolar, da lei da mordaça e da militarização das escolas, seja direta ou indiretamente! Nós dizemos, FORA PM das Escolas! Abaixo a PEC dos PM nas Escolas! 

“Não acabou, tem que acabar! Eu quero o fim da Polícia Militar!”

Data post