Estudantes dizem não à farsa das escolas de tempo integral (SP)

Liberdade e Luta
foto

O governo Dória desde o fim de setembro vem impondo em várias escolas seu privatista modelo da Escola de Tempo Integral (PEI). Exigiu a votação a toque de caixa para adesão ou não ao projeto por parte da comunidade escolar. Muitas escolas foram surpreendidas, pois não conseguiram formar os conselhos de escolas adequadamente por conta da pandemia. E isso prejudicou um debate amplo entre estudantes, pais, mães e professores sobre a PEI e seu significado.

                Um desses casos ocorreu na E.E. Prof. Jácomo Stavale, localizada na Freguesia do Ó, bairro da zona norte da capital paulista. Sem uma consulta efetiva da comunidade, a PEI foi aprovada.

                Ao serem notificados da decisão, imediatamente os estudantes se mobilizaram e seguem em luta para reverter essa decisão que lhes foi imposta. Organizaram abaixo-assinado e seguem discutindo com a comunidade para que haja uma nova votação sobre a adesão ou não à PEI.

                Esse projeto significará a extinção do período noturno e necessidade de estudar dois períodos. Isso excluirá necessariamente os estudantes trabalhadores, parcela significativa da comunidade escolar. E isso fora tantos outros prejuízos que esse projeto implica.

                É nesse sentido que a Liberdade e Luta manifesta todo seu apoio à luta dos estudantes do Jácomo contra a PEI, em defesa da educação pública, gratuita e para todos! 

Divulgamos a seguir o abaixo-assinado produzido pelos estudantes como forma de impulsionar essa luta: https://jacomocontrapei.netlify.app/.

                Continuaremos na luta com os estudantes do Jácomo e convocamos todos os estudantes que não aceitam a imposição da PEI a tomarem como exemplo os estudantes do Jácomo e organizar a luta para barrar esse projeto privatista. Entre em contato com a gente, e vamos organizar uma ampla luta estudantil contra a PEI em São Paulo.

 

BARRAR A PEI!

EM DEFESA DA EDUCAÇÃO PÚBLICA, GRATUITA E PARA TODOS!           

FORA DÓRIA!

Data post