Encontro Regional O Socialismo e a Juventude SC

Liberdade e Luta - SC
arte

CONVOCATÓRIA:

O capitalismo vive uma das piores crises econômicas de sua história. Diante disto, a juventude e os trabalhadores de todo mundo mobilizam-se e lutam compreendendo que nossos sonhos não cabem nas urnas e nas instituições burguesas. Um salto de consciência que se constrói desde 2008 quando a situação de miséria gerada pelo sistema tem se aprofundado, resultando mais ataques aos direitos dos trabalhadores. São cortes nos serviços públicos, como saúde e educação, e o aumento da massa de desempregados aliado às péssimas condições de vida.
A pandemia da Covid-19 intensificou e explicitou esta conjuntura de barbárie. Sistemas de saúde pública, que já eram bastante deficitários para as necessidades da população, entram em colapso. Sistema de ensino, que não possuíam condições mínimas de inserção digital, vivenciam o caos. O desemprego cresce de forma acelerada e o direito à moradia desmorona. Porém, mesmo com o receio de contaminação do novo coronavírus, milhões de pessoas ao redor do mundo protestaram contra o racismo e as forças de repressão em junho. Isso demonstra o ânimo e disposição dos jovens e trabalhadores de combater os ataques desse sistema que não tem nada para nos oferecer. Com isso, nossa tarefa é canalizar a indignação da juventude na luta pelo Socialismo, pois sabemos que somente a organização revolucionária é capaz de barrar a repressão dos governos e dos capitalistas.
No Brasil, os ataques não são diferentes. Em meio a uma pandemia, onde os números oficiais contabilizam mais de 5 milhões de infectados e 160 mil mortos, o governo Bolsonaro encaminha ao Congresso Nacional a proposta de orçamento da união para 2021 com cortes na educação, saúde e outros serviços públicos. Em relação a 2020, a Educação teve um corte de 8,61%, a Saúde com menos 12,13% e Ciência, Tecnologia e Inovação uma retirada de 27,71%. Mas as verbas inúteis para as Forças Armadas foram elevadas em 16,16%. Enquanto isso, para o pagamento da Dívida Pública aos banqueiros e especuladores, o governo reserva R$2,2 trilhões!
Em Santa Catarina, vemos o governo do estado e prefeituras igualmente priorizarem o lucro das grandes empresas em relação às vidas. Em junho, cidades como Joinville, Blumenau e Florianópolis reabriram o transporte coletivo com o objetivo de ceder às pressões de empresários da indústria e do comércio. Os principais problemas do transporte público das cidades – transporte superlotado, deficiências em linhas e horários, entre outros – foram ressaltados pela pandemia do coronavírus: esse serviço não atende aos interesses e às necessidades da classe trabalhadora, somente ao lucro das empresas do setor.
A reabertura dos sistemas de transporte público nestas condições levou a um elevado aumento de contágio no estado. Mesmo com essa desastrosa experiência, governo estadual e prefeituras também provocam o retorno às escolas! Por isso, afirmamos: aula presencial, só com vacina!
Portanto, entendemos que só os trabalhadores e a juventude podem pôr fim a esta situação e conquistar tudo o que tem direito. Só a mobilização destes setores pode derrotar toda esta situação de barbárie e miséria impostas pelo capitalismo. Por isso convidamos todos os jovens a participarem do Encontro Catarinense da Liberdade e Luta, para se armarem da teoria, poderem combater todos os ataques feitos à classe trabalhadora e lutar pelo Socialismo.

● Fora Bolsonaro! Por um Governo dos Trabalhadores, sem patrões nem generais!

● Socialismo ou Barbárie!

EM BREVE: PROGRAMAÇÃO

INSCREVA-SE:
https://forms.gle/hddHY9H8SJda5qKU6

Data post