Liberdade e Luta compõe Frente contra a Lei da Mordaça em Campo Grande - MS

Mell Pecóis

mellDesde o mês de abril, diversas organizações passaram a se reunir para lutar contra o PL 8.242, aprovadoa em regime de urgência na câmara dos vereadores. Graças a essa organização, conseguimos barrar o projeto, inicialmente pressionando o prefeito a vetar e depois, na câmara dos vereadores, mobilizando diversas forças, inclusive vereadores, contra a Lei da Mordaça. O veto do prefeito foi mantido, e o projeto não poderá ser apresentado novamente até o ano que vem. Surge então a necessidade de continuarmos unificados na luta, não só a nível municipal como também em todo o estado, da mesma forma como vem acontecendo em outros lugares, como MT e AM, e com a recém lançada Frente Nacional contra o projeto Escola Sem Partido. 

Além da Liberdade e Luta, participaram da mesa de formação da Frente: Rede Apolo (Rede de Homens Gays e Bissexuais de Mato Grosso do Sul), a Adufms (Sindicato de Professores das Universidades Federais), o Impróprias (Grupo de Pesquisa em Gênero, Sexualidade e Diferenças), o RUA – Juventude Anticapitalista, PSOL Campo Grande, a ACP (Sindicato Campo-grandense de Profissionais da Educação Pública), a Renap (Rede Nacional de Advogadas e Advogados Pupulares), a vereadora Luiza Ribeiro (PPS) e independentes. Os próximos passos da Frente serão decididos nas próximas reuniões, com foco no contato direto com as escolas, alunos e professores. Um material será produzido para tal fim. 

mordacasA Liberdade Luta apoia integralmente essa luta de forma nacional e municipal. Desde o início, com nosso abaixo-assinado e atos organizados nós destacamos a importância de que todos os militantes estejam juntos para derrotar mais esse instrumento de repressão a juventude e aos trabalhadores. Sabemos que apenas com organização seguiremos firmes contra a Lei da Mordaça, não só no âmbito parlamentar e jurídico, mas também de forma extraparlamentar, ocupando os espaços legitimamente do povo trabalhador. Unificando teremos mais força e a possibilidade de agregar quem está sendo diretamente atacado com tais projetos de lei infames: os estudantes e professores. Avante!

Abaixo a Lei da Mordaça!

Abaixo a ONG Escola Sem Partido!

Por uma Educação Pública, Gratuita e Para Todos!

cgcg2cg3

 

Data post