escola sem partido

A Escola de Bolsonaro: obscurantismo religioso e ideologia de direita

Pedro Bernardes

lei-da-morda%C3%A7a.jpg

O projeto Escola Sem Partido (ESP) é um dos pilares políticos de Bolsonaro. Ele ataca o “kit gay” e os conteúdos ligados às Ciências Humanas, defendendo a volta da ditadura.   Seu filho, deputado federal mais votado em SP, divulga que é contra a escola pública e defende sua privatização integral. O que se prepara é uma nova ofensiva para impor a mordaça às escolas e inviabilizar nossa resistência em defesa da escola pública.

Escola Sem Partido em Florianópolis: uma nova investida do MBL

Liberdade e Luta - Florianópolis

lei-da-morda%C3%A7a-1.jpgNo último 24 de setembro, o vereador de São Paulo, Fernando Holiday, esteve na Câmara de Vereadores de Florianópolis para proferir uma palestra a favor do projeto “Escola Sem Partido”, projeto este encabeçado pelo Movimento Brasil Livre (MBL). Sua presença se deu a convite do vereador em exercício e candidato a deputado estadual Ramiro Zinder (DEM), líder do MBL em Santa Catarina.

Enem e Direitos Humanos: Quando é crime não poder fazer apologia ao crime!

Cecília Silva
enem

Uma semana antes da realização da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), a justiça acata o pedido do Movimento Escola Sem Partido para suprimir dois pontos relacionados à avaliação da redação do presente exame: a anulação da redação por conter mensagem que desrespeite os direitos humanos e uma das competências avaliadas na prova, a saber, a competência 5 que fala “elaborar proposta de interven

“Meus filhos, minhas regras!”: As tentativas da Escola Sem Partido em Florianópolis

Cecília da Silva (Liberdade e Luta – Florianópolis)
escolafloripa

Na última terça-feira (15 de agosto), o movimento de extrema direita MBL (Movimento Brasil Livre) convocou manifestações em todo o Brasil com o objetivo de protocolar nas assembleias legislativas e câmaras municipais o projeto de lei chamado “Escola Sem Partido”.

Inscrever-se em escola sem partido