nacional

Em votação relâmpago, mais um ataque a educação é aprovado

Daison Colzani
camaradep

Na quarta-feira (13/12) foi aprovado na Comissão de Educação da Câmara de Deputados o projeto que permite cursos de saúde a distância. Em um votação relâmpago sem nenhum parlamentar presente no plenário o presidente da comissão, o deputado Caio Narcio (PSDB-MG) deu mais uma demonstração da disposição de atacar a educação a qualquer custo.

O Marketing da Caridade: a Volkswagen e o Colégio Estadual do Paraná

Fabiano Stoiev
pr

Com toda a pompa e banda, no dia 06 de dezembro, o governador Beto Richa apresentou o projeto de restauração do prédio do Colégio Estadual do Paraná, em parceria com a empresa Volkswagen. O projeto leva a assinatura do escritório da PJJ Malucelli Arquitetura e a reforma está orçada em módicos R$ 20 milhões.

Lições da Greve. Lutar pela aliança operário-estudantil!

Liberdade e Luta
greve geral LL Instabilidade e luta de classes são a marca da situação no Brasil e no mundo. A Greve Geral de 28 de abril foi a maior que os jovens de hoje já presenciaram. É preciso compreender o que foi essa greve, quem foram os envolvidos e o que é preciso fazer a partir de agora para lutar contra as reformas do governo Temer. 

Onda de ocupações contra a Reforma do Ensino e a PEC 241

Evandro Colzani
ocuaanalise

As primeiras manifestações contra a MP 746, da Reforma do Ensino Médio, começaram a partir do dia 26 de setembro, três dias após publicação da medida no Diário Oficial da União. O movimento enfrenta sérios ataques do governo e de organizações de direita, possui uma fragilidade por conta da ausência de uma direção clara e coordenada, mas para vencer essas dificuldades precisa ir além das ocupações: organizar uma greve nacional da educação.

10 de junho: Lutar contra os ataques. Fora Temer e o Congresso Nacional!

Liberdade e Luta

fore tO governo Temer surgiu com o propósito de aprofundar os ataques contra a maioria da população. Entre as principais medidas que atingem a juventude estão os cortes na saúde e educação, a exploração sem limites dos terceirizados, a repressão que a “Lei da Mordaça” prevê. As reformas na previdência e a destruição das leis trabalhistas vão desestruturar as famílias e obrigar os jovens a procurar trabalho mais cedo, no momento em que o desemprego entre os que têm menos de 25 anos já atinge mais de 30%.

#ForaTemer ocupa as ruas de São Paulo neste domingo

Liberdade e Luta
llsite

A Liberdade e Luta esteve presente neste domingo (15/5) no ato pelo #ForaTemer com cerca de 10 mil pessoas. O ato iniciou na Praça dos Ciclistas, na Avenida Paulista e desceu a Consolação. Mesmo chegando ao fim do trajeto inicial, na Praça Roosevelt, manifestantes retornaram para a Paulista e deram continuidade ao protesto. 

Inscrever-se em nacional