cortes na educação

PIBID fica, Temer sai!

Nathália Kons*
pbid

Os ataques do governo de Michel Temer e do Congresso Nacional à educação continuam e se aprofundam desde o ensino básico ao ensino superior, reduzindo recursos, sucateando escolas e universidades, cortando na carne dos estudantes os investimentos públicos com a clara intenção de restringir o acesso ao ensino às instituições privadas, enquanto precariza a educação pública.

Corte de gastos das universidades públicas chegam na Universidade Federal do Paraná

Dayane de Oliveira e Marina Stoiev

educacaoprAs universidades federais vem sofrendo com sucateamento e cortes expressivos desde o agravamento da crise mundial no Brasil, ainda no governo Dilma. No entanto, após a posse do governo ilegítimo de Michel Temer a situação piorou ainda mais. 

Inscrever-se em cortes na educação