juventude

Inicia primeiro acampamento regional da Liberdade e Luta – Joinville/SC

Aline Seitenfus
acampamjlle

O primeiro acampa regional da juventude iniciou ontem (8/9), em Joinville. Dezenas de jovens estiveram presentes, unidos no mesmo desejo de aprender a criar um mundo livre de classes, um mundo socialista. O encontro é uma preparação para o Acampamento Revolucionário que acontece em janeiro de 2018 e reúne jovens de todo o Brasil e também de outros países.

Por que a juventude precisa defender a revolução venezuelana?

Mayara Colzani
venezuelajuv

Há um grande esforço da mídia em distorcer os acontecimentos na Venezuela, que é um país onde a população conquistou enormes avanços sociais, econômicos e políticos. Mas o objetivo é justamente que o exemplo da Venezuela, que vai contra esse sistema apodrecido, não seja conhecido. 

15 DE MARÇO É DIA DE LUTA!

Liberdade e Luta, Juntos, RUA, Enfrente, Vamos a Luta, UJC, MAIS, UJR
banner15M

Temer e o Congresso Nacional planejam aprovar a reforma da previdência e trabalhista ainda esse semestre, dois enormes ataques! 

Com isso, o governo ilegítimo quer acabar com os direitos sociais e trabalhistas. Sendo a juventude os primeiros afetados, perdendo qualquer perspectiva de aposentadoria e de empregos com qualidades mínimas. 

A marcha dos secundas

Liberdade e Luta - Curitiba

secundas2Dia 09 de outubro, a tarde, algo entre 3 a 5 mil estudantes secundaristas se concentravam na praça Santos Andrade, em Curitiba. Vieram protestar contra a PEC 241, que retira recursos da saúde e da educação, e contra a Reforma do Ensino Médio.

Reforma do Ensino: O fim da escola pública, gratuita e para todos

Maritania Camargo e Evandro Colzani
bannerhash

Lançada oficialmente no dia 23 de setembro, a Reforma do Ensino Médio (MP 746/2016) do "governo" Temer é o ataque mais duro que a educação básica sofreu na história da escola pública, gratuita e para todos, a escola republicana, no Brasil. A proposta fere os princípios da igualdade de direitos, apresentados ao mundo após a Revolução Francesa de 1789, e retrocede ao final do século XIX.

Restauração capitalista avança em Cuba, mas jovens resistem

Francine Hellmann

cubaO capitalismo começa a penetrar Cuba com sede. É o que demonstrou o sétimo congresso do partido, que aconteceu em abril deste ano. Sob o manto de fortalecimento do socialismo no país, os documentos aprovados pedem o reconhecimento do mercado capitalista, a liberação da propriedade privada e o enxugamento do aparato de estado, principalmente por meio de concessões das empresas estatais à exploração privada. 

Inscrever-se em juventude