DITADURANUNCAMAIS

fvgxdgfdxb

Fado Tropical e o golpe militar de 1º de abril de 1964

Evandro Colzani
kokoij

Durante muito tempo era possível saber a posição política de uma pessoa no Brasil a partir da forma como ela designava este fato. Se falava em ‘Revolução de 31 de março’, já sabíamos que era alguém que apoiava os militares. Se, ao contrário, se referia ao ‘Golpe do 1° de abril’, era alguém que se opunha ao arbítrio. (Zilah Wendel Abramo)

A juventude e a ditadura militar de 1964

Evandro Colzani

dfghdfg

Apresentamos a seguir um artigo que aponta a importância das lutas da juventude contra a ditadura nos anos que se seguiram ao golpe militar de 1964 e ao mesmo tempo indica a necessidade de retomar as lutas aprendendo com os erros do passado, orientando-se pela defesa da independência das entidades estudantis frente aos governos e ao Estado.

Inscrever-se em DITADURANUNCAMAIS