Núcleo Universitário em Joinville discute história de UNE e UBES

Núcleo Universitário da Liberdade e Luta Joinville
asdx

No dia 05 de setembro, em Joinville-SC, o Núcleo Universitário da Liberdade e Luta realizou o encontro “UNE e UBES: da fundação à degeneração”. Discutiu-se o artigo “De pé a jovem guarda: História da UNE e UBES”, segundo texto inserido na brochura “A luta pela educação pública, gratuita e para todos”, que explica a história e atualidade de UNE e UBES, contando com o informe da estudante de Letras na Univille, Jéssica Stolfi, e 13 participantes.

O informe conta da luta da UNE e UBES ao lado dos movimentos de trabalhadores desde sua criação e também a história do movimento estudantil no Brasil, sempre com a correlação de forças entre os estudantes e a tentativa de aparelhamento das entidades feita pelo Estado. Em diversos momentos, as direções dessas entidades se afastaram da base do movimento estudantil, sendo coniventes aos ataques à educação e se unindo à burguesia “mais progressista”.

Na atividade, durante as intervenções, os participantes ressaltaram os meios pelos quais a direção da UNE se financia com dinheiro estatal e com o monopólio da Carteirinha de Estudante - a qual burocratiza o acesso dos estudantes aos seus próprios direitos, como meia-entrada em atividades culturais, por meio de um pagamento compulsório deste “passe” estudantil ofertado pela entidade - não realizando a independência financeira e política que se deve ter. Também foi falado sobre a ausência da entidade no dia-a-dia dos estudantes, ao ponto em que muitos sequer sabem o que são a UNE e UBES. A partir disso, foi discutida a necessidade de reconquistar as entidades das atuais direções conciliadoras e recobrar as reivindicações do Manifesto da UNE e da sua Carta de Princípios de 1979, que defende, principalmente, a educação pública, gratuita e para todos. A Liberdade e Luta também apresenta a luta por verdadeiros sindicatos de estudantes para canalizar a luta dos estudantes pelos seus direitos e levar as discussões políticas às suas bases, além de manter sua independência financeira através da discussão com os estudantes.

Como encaminhamentos, destaca-se a proposta de um participante para a publicação de trechos do texto nas redes sociais da Liberdade e Luta Joinville, além do convite para o bloco da Liberdade e Luta e Esquerda Marxista no Grito dos Excluídos do dia 7 de setembro, a assinatura do Manifesto Abaixo Bolsonaro! Por um Governo dos Trabalhadores, sem patrões nem generais e a divulgação da Conferência Nacional da Liberdade e Luta, que se realizará dia 23 de outubro, online.

O próximo encontro do Núcleo Universitário em Joinville será dia 3 de outubro, desta vez presencialmente, com uma oficina de faixas e a discussão sobre os Sindicatos Estudantis. Fique atento ao Instagram da Liberdade e Luta Joinville para acompanhar nossas atividades: @Liberdadelutajoinville 

 

Data post