Começa o Acampamento Revolucionário da Liberdade e Luta

lahs

 

LB

acampaNa tarde de ontem (26/1), teve início o Acampamento Revolucionário da Liberdade e Luta, em Florianópolis (SC). Delegações de todo o país chegaram pela manhã, fizeram o credenciamento e se alojaram na Escola Municipal Profª Herondina Medeiros Zeferino.  Foi o começo de quatro dias de debates e construção de um ano de muita luta.

O camarada Evandro Colzani, membro da coordenação nacional da Liberdade e Luta (LL) - organização fundada há um ano - fez a abertura falando sobre o combate à Lei da Mordaça, a luta contra a reforma do ensino médio e as ocupações de escolas ocorridas no ano passado. Evandro também abordou o centenário da Revolução Russa de 1917.

Em seguida, o militante da LL e membro da União Joinvilense dos Estudantes Secundaristas (Ujes), Jonathan Vitório,  discursou contra o sucateamento de ensino e a PEC 55. O estudante também falou sobre o combate histórico da LL  ao projeto Escola Sem Partido, além das manifestações pelo “Fora Temer” em Joinville.  

A professora e diretora do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Florianópolis (Sintrasen), Ana Cláudia, também participou da mesa de abertura do Acampamento. Ela contou um pouco sobre a luta que os servidores municipais estão travando na atual greve contra todos os ataques ao serviço público.

anacampO  dirigente da Esquerda Marxista, camarada Serge Goulart, fez uma análise da reação da juventude estadunidense contra Donald Trump. Serge ainda comparou a conjuntura brasileira com a estadunidense, explicando que a vitória de Trump é o resultado de anos de mandato de Barack Obama e a ausência de uma alternativa à esquerda combatente. No Brasil, a descrença no Partido dos Trabalhadores (PT) e a falta de um partido de massas resultou na ascensão de Michel Temer ao poder.

Encerrando as falas, o membro da Federação dos Estudantes Marxistas da Grã-Bretanha, Joe Attard , comparou os militantes da LL aos bolcheviques de 1917. Os bolcheviques também faziam parte de uma organização muito pequena comparada à população da Rússia, que era um país muito atrasado economicamente. Os camaradas de hoje enfrentam situação parecida.

Para fechar a noite, depois do jantar, os jovens confraternizaram com a Festa Vermelha e atrações artísticas.

Data post