Liberdade e Luta realiza ato contra o aumento das mensalidades da FMU

Jacqueline Takara
ascehgn
Foto: Gustavo Benassi // Estudantes da FMU e militantes da Liberdade e Luta contra o aumento das mensalidades

No dia 09 de julho, às 18h, foi realizado um ato contra o aumento das mensalidades da FMU, em frente à faculdade. O ato foi convocado após última atividade do núcleo Liberdade e Luta FMU que teve mais de 90 pessoas inscritas, apoiando a moção, e 18 participantes.

Lucy Dias, coordenadora nacional da Liberdade e Luta, fez uma fala no microfone em defesa da federalização das Universidades que recebem dinheiro público, mas que atendem aos interesses privados, convidando jovens e trabalhadores a participar do Encontro Abaixo Bolsonaro! Por um governo dos trabalhadores sem patrões nem generais! que aconteceu no dia 10 de julho (confira manifesto aprovado pelo encontro aqui)

Cássio Eduardo, estudante de História da FMU e militante da Liberdade e Luta, fez uma fala sobre os impactos do aumento das rematrículas na vida da juventude trabalhadora, e afirmou ser comum encontrar estudantes da FMU que destinam quase todo seu salário ao pagamento das mensalidades, ou que desistem de concluir os estudos por não terem condições financeiras.

Orlando de Oliveira, autônomo e estudante de psicologia da FMU denunciou a pressão que os estudantes sofrem durante o curso, já que a preocupação constante em como pagar as mensalidades leva à uma piora na concentração dos estudos e rendimento.

Secundaristas e estudantes de outras faculdades também estiveram presentes no ato em solidariedade à luta dos estudantes da FMU.

Os militantes presentes explicaram que em um contexto de crise capitalista, de desemprego crescente e piora na condição de vida da classe trabalhadora, as mantenedoras só visam o lucro e contribuem cada vez mais para a falta de perspectiva e futuro da juventude.

O núcleo da Liberdade e Luta FMU tem impulsionado uma campanha de moções para pressionar pela revogação dos aumentos de mensalidade e rematrícula. Envie sua moção e participe da próxima atividade do núcleo, sobre o balanço do ato e sobre como organizar a luta estudantil na FMU. Será no dia 18 de julho, às 16h. Participe!

Data post