A Lei da Mordaça. O significado histórico e nosso combate

Os “representantes do povo”, numa tentativa brutal de calar todas as vozes destoantes desse circo nacional, tentam limitar a liberdade de expressão nas escolas e, por consequência, nos sindicatos e no movimento estudantil. Tais ações são sustentadas pela Organização Não Governamental (ONG) “Escola Sem Partido” (ESP) e levadas adiante por parlamentares em todos os níveis da federação.

Tais medidas não são um raio em céu azul. Numa rápida consulta à história é possível saber que em momentos onde as instituições políticas estiveram tão desmoralizadas, como é a atual situação do Brasil, os rumos da história foram mudados por aqueles que realmente a fazem. Portanto, a tentativa dessas medidas é de controlar ao máximo o acesso ao conhecimento. Assim fica mais fácil manipular a história, controlar o povo trabalhador e a juventude. 

Continue lendo

Terceirização e Juventude. As tarefas da juventude nas fábricas

carte

​​

carte

A esperada aprovação do impeachment do governo Dilma pelo Senado vai abrir o Planalto para um governo Temer/Cunha/Aécio. A burguesia brasileira está apostando em um novo governo que proporcione melhores condições para acelerar os ataques à força de trabalho, reduzindo seus custos e aumentando a exploração direta e indireta, sugando mais-valia como um vampiro suga o sangue da vítima, atacando direitos e conquistas da classe trabalhadora.

Continue lendo

Mais um ataque ao estudante Pablo Bailoni

pablo

pabloNo dia 14/04 o estudante Pablo Bailoni ganhou a liminar para que tivesse sua reintegração na E.E. Azevedo Júnior. 

No dia seguinte, o Pablo foi até a escola junto com o advogado que apresentou a liminar para que ele pudesse retornar imediatamente para unidade, a direção disse que era necessário trazer alguns documentos que estavam faltando e só assim poderia retornar no dia seguinte.

Continue lendo

Todo apoio às ocupações de escolas no Rio de Janeiro

ocupa mendes

ocupa mendes

No dia 21 de março, através de uma assembleia estudantil, começou a ocupação do Colégio Estadual Prefeito Mendes de Moraes, na Freguesia, Ilha do Governador, no Rio de Janeiro por tempo indeterminado. Os estudantes decidiram ocupar a escola em apoio aos professores que estão em greve e exigem um diálogo da Secretaria Estadual de Educação sobre as reivindicações dos professores e dos alunos. O objetivo dos estudantes é pressionar para que exista de fato uma negociação com o governo e combater a repressão promovida pela direção da escola que tenta proibir a organização dos estudantes.

Continue lendo

Pela reintegração de Pablo Bailoni. Abaixo a repressão!

pablo

pablo

A Direção da Escola Azevedo Júnior (Santos/SP), em uma nova demonstração de autoritarismo e sob o falso pretexto de desacato, expulsou o aluno Pablo Bailoni. Não é uma medida de ajuste de conduta, é uma medida punitiva, e não somente contra Pablo, mas contra os estudantes que ocuparam escolas em SP e defendem a educação contra os ataques dos governos.

Chamamos todos os que lutaram contra a reorganização e os que são contrários à repressão para enviarem uma moção exigindo a reintegração de Pablo. Não podemos permitir mais esse ataque à luta dos estudantes. 

Abaixo a repressão!
Pela reintegração imediata de Pablo!

Por liberdade de organização e de manifestação!

Continue lendo
1 89 90 91