MEC

O aprofundamento da política do atraso educacional: nomeação de Sandra Ramos em pasta do MEC

Cecília da Silva
dsgsdfg
Imagem: Esquerda Marxista

No último dia 10, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, nomeou Sandra Ramos para integrar a Diretoria de Articulação e Apoio às Redes de Educação Básica da Secretaria de Educação Básica do MEC. Sandra é professora na Universidade Federal do Piauí (UFPI) e já prestava assessoria técnica para o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) nos últimos dois anos (2019-2020).

Corona vírus abre as portas para MEC impor Ensino à Distância

João Diego
ensino_superior.jpg

Com a suspensão do calendário acadêmico, muitas universidades não sabem quando retornarão às aulas normalmente. Diante disso, o governo federal e universidade particulares estão propondo aulas à distância, como forma de não atrasar o calendário e, portanto, manter o pagamento das mensalidades.  

O "recuo" de Bolsonaro na educação e a onda revolucionária

Marcelo Pancher e Lucy Dias

8014883_x720.jpg

                                                                            Imagem: G1

Circulou pelos noticiários e redes sociais a notícia de que o Ministro da Educação Abraham Weintraub teria “liberado” R$1,99 bilhão de orçamento para a pasta, antes contingenciado, restando ainda R$ 3,8 bilhões que podem ser liberados até o fim do ano.

Inscrever-se em MEC